Contagem oficial de mortos aumenta a cada hora. Ajuda deve começar a chegar nas próximas horas

Alguns países já anunciaram o envio de ajuda humanitária ao país. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, comunicou a nomeação da Administradora da USAID, Samantha Power, como a autoridade sênior dos Estados Unidos para coordenar os esforços. Já o presidente mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador, publicou no Twitter que ordenou que a Coordenação Nacional de Proteção Civil e outros ministérios, como Relações Exteriores, Marinha e Defesa, preparem a ajuda “imediatamente”.

Também pelo Twitter, o presidente chileno, Sebastian Piñera, disse que o país está se preparando para enviar ajuda humanitária. Panamá e República Dominicana também anunciaram esforços humanitários. A Colômbia disse que está disposta a ajudar na remoção de entulhos e nas operações de resgate, disse a vice-presidente e ministra das Relações Exteriores, Marta Lucía Ramírez.